Normas para publicação

Inicialmente, agradecemos seu interesse em publicar artigos de sua autoria no site INTRA LEGEM.

Para que seu artigo seja publicado em nosso site, é importante atentar para as seguintes regras:

Quanto aos artigos e ao Conselho Editorial:

  1. Os artigos submetidos para publicação no site serão apreciados pelo Conselho Editorial, devendo sempre ter caráter científico, ser preferentemente inéditos e versar sobre a ciência jurídica ou áreas afins;
  2. O Conselho Editorial se reserva o direito de aceitar ou não os artigos a ele submetido e, eventualmente, sugerir modificações aos respectivos autores, com o finco de amoldar o texto às normas de publicação. O Conselho Editorial também se reserva o direito de não fornecer quaisquer informações sobre o motivo da aceitação ou não de determinado artigo;
  3. O site INTRA LEGEM não se responsabiliza individual, subsidiária ou solidariamente pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados, afigurando-se estes de inteira responsabilidade de seus respectivos autores;
  4. A mera submissão do artigo à análise do Conselho Editorial implica na concordância expressa do usuário com todas as normas de publicação, renunciando a qualquer direito em relação à estas;
  5. Uma vez submetido o artigo ao Conselho Editorial, o usuário não poderá revogar a permissão de publicação, mas, tão somente, notificar o site INTRA LEGEM sobre seu desejo de não mais disponibilizar o texto, mediante justificativa, reservando-se o Conselho Editorial a acolher ou não a justificativa, sem emitir qualquer informação acerca do motivo de seu acolhimento ou rejeição;
  6. Uma vez submetido o artigo e aprovado pelo Conselho Editorial, o texto será publicado e não mais será apagado ou deletado do site, exceto por deliberação exclusiva do Conselho Editorial.

Quanto aos autores:

  1. Os autores que desejarem publicar seus artigos no site INTRA LEGEM deverão solicitar seu cadastro através do formulário de contato, que pode ser acessado clicando aqui;
  2. No formulário de contato acima, o autor deverá informar, obrigatoriamente, seu nome completo, email, e biografia profissional resumida (atividade que exerce atualmente, formação acadêmica, etc). Ainda, facultativamente, o usuário poderá informar eventual endereço de seu site pessoal ou profissional;
  3. Uma vez admitido o ingresso do autor, este receberá um email com um endereço de login no painel do site, além de uma senha gerada automaticamente, ocasião em que, em caráter de urgência, deverá efetuar o login no link indicado e alterar a senha gerada para uma de sua preferência;
  4. O autor deverá também, então, preencher no sistema do site seus demais dados profissionais e de contato, como links de redes sociais (Google Plus, Twitter, URL do Facebook, Instagram, Linkedin, etc), ciente de que tais dados ficarão disponíveis para visualização dos leitores do site, logo abaixo dos artigos publicados pelos autores;
  5. Se o autor for estudante de Direito, seus artigos devem vir acompanhados da indicação do nome, email e principais titulações acadêmicas do orientador na elaboração do artigo, ficando o autor responsável por colher do autor a autorização para publicação de seus nomes no texto submetido. Se o orientador for coautor, o autor deverá identificá-lo como tal quando da submissão do artigo à publicação.

Demais normas atinentes aos artigos:

  1. Os artigos deverão ser enviados no idioma oficial, com as devidas adequações às normas gramaticais pertinentes;
  2. O autor, antes de submeter seu artigo para apreciação do Conselho Editorial, deverá indicar, no canto direito da página de formação do texto, a(s) categoria(s) pertinente(s) ao artigo, tais como “DIREITO ADMINISTRATIVO”, “DIREITO CONSTITUCIONAL”, “MINISTÉRIO PÚBLICO”, etc;
  3. Deverá o autor, também, ainda no canto direito da página de formatação, adicionar tags ao artigo publicado. As tags são mais específicas que as categorias e não se resumem a um rol taxativo, consistindo em expressões curtas que informam ao leitor sobre a matéria tratada no artigo. Como exemplo, se determinado artigo versa sobre “Mediação e Conciliação no Direito de Família”, a categoria a ser definida é “DIREITO DE FAMÍLIA” e as tags a serem inseridas podem ser, por exemplo, “CONCILIAÇÃO”, “MEDIAÇÃO”, “FAMÍLIA”, “ACORDO”, etc, sempre com letra maiúscula;
  4. Os autores deverão, sempre, ressalvadas as especificidades da caixa de formação do site, respeitar as regras ABNT quando da confecção de seus artigos. Para facilitar, os autores podem escrever seus artigos em softwares de edição de texto, como o Word, e, depois, após selecionar todo o conteúdo no software (pelo atalho CTRL + T, no Word), poderão fazer o procedimento de copiar e colar diretamente na caixa de edição do site INTRA LEGEM, preservando, assim, toda a formação ABNT e elementos textuais utilizados, como eventuais notas de rodapé, referências, etc;
  5. Os autores não deverão alterar a fonte ou tamanho da fonte utilizada no artigo. Poderão, entretanto, atribuir títulos e subtítulos aos tópicos do artigo enviado para publicação, selecionando na caixa de formatação as opções “Cabeçalho 2”, “Cabeçalho 3”, etc, ressalvada a opção “Cabeçalho 1”, pois o “Cabeçalho 1” cuida-se do próprio título atribuído ao texto em campo próprio.

Quaisquer dúvidas deverão ser sanadas pelo formulário de contato do site, disponível clicando aqui.

COMENTÁRIOS